Carro antigo é amor, é paciência!

Eles reclamam, fazem pirraça, mas quando percebem o verdadeiro empenho de quem os cuida e procura cumprir suas exigências com paciência e amor, respondem e colaboram dando-nos em troca o seu melhor.

Ateliê do Fusca

Vejo uma corrida em direção ao estilo vintage ou retrô, desde vestimentas, bicicletas, decoração e claro, carros. Nessa pegada, muitas pessoas que viveram um passado com a presença de modelos que se tornaram clássicos pensam em retomar esse estilo, adquirindo um antigo, independente do modelo. A motivação está ligada a gosto ou mesmo memória afetiva, afinal, quem nunca teve um pai, uma mãe ou um outro parente próximo que já possuiu um Fusca, uma Brasília, Chevette, Caravan, Opala, Corcel, Passat, etc?

Nada de mais até aí, mas tenho a seguinte opinião a respeito de um modelo antigo: não é pra quem quer, é pra quem pode! No sentido de que é necessário aguentar às vezes piadinhas de pessoas sem noção que não entendem a motivação de manter ou adquirir um carro antigo: “Pra quê ficar usando esse carro? Hoje em dia é tão fácil fazer o financiamento de um novo…”…

Ver o post original 269 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s